Em Condomínios, Dicas

Dicas sobre como economizar no condomínioFatores como reajustes na tarifa de energia elétrica, inflação elevada, salário de colaboradores e materiais de consumo representam um gasto significativo, o que pode comprometer a previsão orçamentária. Devido a isso, é comum que os síndicos recorram ao reajuste na taxa de condomínio quando a situação fica complicada.

Entretanto, é possível encontrar soluções para auxiliar na economia e controle de custos, o que evita o aumento da taxa e, em alguns casos, ainda proporciona a redução da mesma. Separamos algumas atitudes simples que podem reduzir esses gastos. Confira a seguir dicas para economizar no condomínio:

Individualização de água e gás

O consumo de água e gás coletivo muitas vezes é considerado uma medida injusta no condomínio. Esse sistema não permite identificar quem consumiu mais ou menos, e nem cobrar um valor adicional para quem gastou mais. Nesse sistema, quem mora sozinho é obrigado a pagar o mesmo que uma família de 4 pessoas, por exemplo. No sistema individualizado, um medidor é instalado em cada apartamento e permite separar as contas, oferecendo uma gestão de consumo individual.

Higiene

É preciso conscientizar os condôminos sobre manter as áreas comuns livre de sujeiras. A colaboração pode reduzir as despesas com auxiliares de limpeza, além dos custos com a compra de materiais de higiene.

Energia elétrica

Reduza o tempo em que as lâmpadas das áreas comuns permanecem ligadas. Você também pode fazer a troca das lâmpadas comuns por de LED. Apesar de o investimento inicial ser alto, a lâmpada LED é até 80% mais econômica do que a incandescente comum, e o valor investido pode ser recuperado em cerca de 6 meses. Outra dica é instalar um sistema de chamada inteligente nos elevadores, que consiste em utilizar o elevador que estiver mais próximo do andar do passageiro, o que reduz o consumo de energia elétrica.

Investimentos

Organize o orçamento do condomínio e identifique os gastos básicos. Quando sobrar dinheiro, você pode propor o uso do fundo de reserva, mas lembre-se de fazer a reposição posteriormente. As necessidades do condomínio devem estar em primeiro lugar na lista. Investimentos adicionais sugeridos pelos condôminos não devem ser descartados, mas não são uma prioridade na gestão do condomínio

Hora extra dos funcionários

Fique atento com as horas extras dos funcionários, pois normalmente a maior parte da taxa condominial é destinada para a folha de pagamento. O excesso de horas extras pode comprometer o orçamento. É recomendável utilizar um controle informatizado de ponto para realizar a gestão de pessoas no condomínio. Economizar no condominio - dicas

Controle de inadimplência

O contato com inadimplentes deve ser realizado o mais rápido possível para verificar quando e como a dívida será quitada. Com o Novo Código de Processo Civil, o prazo para os condôminos quitarem dívidas foi reduzido drasticamente, o que auxilia a gestão financeira de condomínios.

Gostou do conteúdo? Acompanhe as outras postagens em nosso blog e fique por dentro das notícias e dicas relacionadas ao dia a dia do seu condomínio.

A Vox oferece soluções em administração de condomínios comerciais e residenciais em Curitiba e Londrina. Saiba mais sobre nossos serviços!

Posts recomendados